Blog - História da pizza

História da pizza.jpg

Quem não gosta de uma pizza hein?!

A concepção de pizza que temos hoje se baseia em uma massa fermentada, geralmente em forma de disco, de farinha de trigo e água, coberta por diferenciados molhos e recheios, indo do tomate ao sorvete. Porém, a pizza percorreu um grande caminho até ser conhecida desta maneira. Por ser um prato mundialmente conhecido que atende qualquer classe social, dependendo da região, ela pode oferecer uma grande diversidade, não apenas de sabores, mas no que diz respeito ao modo de preparo. Um exemplo é pizza típica italiana que é servida de maneira diferente da brasileira, com a massa e a borda extremamente fina, procura preservar o sabor de cada ingrediente com pouca mistura, ingredientes frescos e, geralmente, é servida individualmente.

Origem da redonda!

Diferentemente do que muitos pensam, a pizza não teve a sua origem na Itália. Acredita-se que as primeiras pizzas surgiram no Egito há cerca de 6.000 anos atrás, e a sua massa era elaborada a base de farinha resultante dos grãos de cereais amassados. Com o grande passo da fermentação e do forno, é que esta iguaria foi adquirindo a sua forma, com uma massa mais leve e a adição de ingredientes, como ervas aromáticas e azeitonas.

Um dos seus antecessores foi o chamado Pão-de-Abraão, muito comum entre os hebreus, babilônios e egípcios, que consistia na mistura de trigo, amido e água posto para assar, e por sua vez, foi ganhando recheio e se modificando conforme o tempo.  Além disso, os gregos também tiveram contribuição na história da pizza, uma vez que eles que surgiram com o processo de adicionar cobertura antes de assá-la.

Durante as Cruzadas, no século 11, o pão turco foi levado para o porto italiano de Nápoles”, conforme o sociólogo Gabriel Bollaffi, da USP. Os napolitanos tomaram gosto pelo petisco e foram aperfeiçoando-o com trigo para a massa e coberturas variadas, especialmente queijo. Nascia, então, a pizza quase como a conhecemos hoje. Faltava só o tomate, introduzido na Itália no século 16, vindo da América, e incorporado como ingrediente tão básico quanto o queijo. 

Como no início esta era uma comida comum entre os pobres, muito do que era adicionado como recheio era apenas o que se tinha disponível. De todo modo, a pizza foi se popularizando cada vez mais, principalmente depois de o Rei Humberto I e a Rainha Margarida de Saboia, por meio de Raffaele Esposito, em 1889 provarem e se apaixonarem por este prato.

Esposito, que hoje em dia é considerado por muitos o pai da pizza moderna, ofereceu para os reis 3 sabores: toucinho de porco, queijo e manjericão; de alho, azeite e tomate; e de mozarela, tomate e manjericão.

A Rainha Margarida gostou tanto da terceira opção (composta pelas cores da bandeira da Itália) oferecida por Esposito que nomearam o prato em homenagem à rainha, a tão conhecida Pizza Margherita. Depois deste episódio, a pizza começou a se espalhar pelo globo, sendo hoje uma das comidas mais comuns, deliciosa e acessíveis do mundo.

Rainha Margarida – homenageada com a Pizza Margherita

O alimento era comumente vendido nas ruas, dessa maneira era mais fácil preservar a temperatura. Mas depois de tanta popularidade, foi preciso desenvolver espaços fixos, e então começaram a surgir as primeiras pizzarias. Port’Alba foi, dentre todas, a primeira pizzaria do mundo. Ela surgiu em Nápoles em 1830 e existe até hoje na rua: Nápoles 1830 - Via Port'Alba, 18, 80134 Napoli NA, Itália.

Atualmente as pizzas não têm muita limitação, existe cada vez mais variações e sabores, seja de salgado ou doce, ou até mesmo para pessoas com restrições, como pizza sem lactose ou pizza vegana.

No Brasil

No final do século XIX, já nos anos 50, as primeiras pizzas começam a chegar ao Brasil pelo litoral de São Paulo trazida por imigrantes italianos. Por um tempo, o prato se restringiu aos grupos de imigrantes, porém não demorou muito para a pizza se popularizar em todo o país, se tornando um elemento cultural. Este prato se enraizou tanto, que em 1985 foi instituído um dia para celebrar esta delícia, dia 10 de julho é comemorado, no Brasil, o dia da pizza (clique aqui para conferir as top 5 pizzarias do Brasil que a Folha Z preparou especialmente para você). Além disso, esta comida se tornou tão importante que deu origem a ditados populares, como por exemplo o nosso famoso “tudo acaba em pizza”.

Mesmo com tanta variedade, é importante saber aproveitar os sabores e combinar ingredientes. Para saber mais sobre a deliciosa Pizza, uma dica é fazer o curso de pizza do Atelier Du Chef, e chamar os amigos e familiares para preparar essa delícia para quem você ama!

www.atelierduchef.com.br