Blog - Macarons: conheça a história do famoso doce colorido!

 

Macarons: conheça a história do famoso doce colorido!

Pequeno, redondo, colorido e delicioso, essas são as principais características para descrever o MACARON, famoso doce da confeitaria francesa.

Mas um doce assim, de diferentes cores e um sabor inigualável, desperta a atenção e curiosidade em muitos quesitos, como por exemplo: o que é macaron? Quando e como surgiu? Como fazer? Então continue lendo este post que todas essas questões serão respondidas!

 

Afinal, o que é macaron? 

O macaron é um biscoito redondo feito de farinha de amêndoas, granuloso e macio de aproximadamente 5 cm de diâmetro. É um doce popular em várias regiões da França, sendo um verdadeiro patrimônio gastronômico em diferentes cidades francesas. Seja qual for a cidade ou região, a base da massa é, normalmente, a mesma, com merengue, farinha de amêndoas, açúcar de confeiteiro, açúcar comum e clara de ovo, algumas incluem recheio, outras não. Outro padrão que não se altera, além do formato, é que os macarons são assados.

 

Qual a origem do macaron?

Diferente do que muitos acreditam, o doce nasceu na Itália e seu nome macaron é derivado da palavra maccherone, que significa massa fina. No século XVI, o macaron migrou para a França junto à corte de Catarina de Médicis, que era apaixonada pelo docinho e a receita era mantida em segredo, apenas para consumo da nobreza. 

As primeiras pessoas a comercializarem os biscoitos na França foram as irmãs do convento Saint-Sacrement, em Nancy. Após a revolução francesa, em 1789, as congregações religiosas passaram a produzir macarons fora dos conventos.

Antes o biscoito era consumido de maneira simples, e no início do século XIX recebeu uma adaptação pela patisseur Pierre Desfontaines, que resolveu unir dois pequenos biscoitos e recheá-los com cremes especiais. Dessa forma, os macarons foram ganhando novas cores e sabores, tornando-se sinônimo de sofisticação para qualquer evento, sem contar que conquistou todos os paladares!

 

Curiosidades sobre o macaron

- A receita foi adaptada na França conforme cada região. Porém, os ingredientes da base sempre foram mantidos, sem nenhuma alteração. 

 

- Em Montmorillon foi inaugurado um museu dedicado aos macarons, com o nome “Musée de l’amande et du Macaron”, que em portugues significa Museu da Amêndoa e do Macaron (Uma homenagem deliciosa, não é mesmo?). 

 

- A receita trazida originalmente italiana pode ser apreciada até hoje na Maison des Soeurs Macarons, uma casa fundada em 1793, na França, em homenagem às Irmãs Macaron. 

 

- Há dois tipos de macaron: 

gerbet - comum, liso e preparado com claras batidas

craquelé - casca rachada, preparado com claras cruas e massa mais pesada. 

 

Como preparar este doce delicioso?

Para fazer a base da receita são necessários três ingredientes: farinha de amêndoas, açúcar de confeiteiro e clara de ovo. Também são utilizadas algumas colheres de açúcar comum para formar o merengue, suco de limão e corante alimentar para dar aquela corzinha. É importante ter consciência de que o macaron é uma receita um tanto quanto complexa, e que nem sempre você irá acertar o ponto na primeira tentativa, mas não pare de tentar, ok? 

 

Receita do macaron

Como já vimos anteriormente, a receita precisa de muita atenção, já que o macaron é um doce que exige precisão para ficar perfeito!

 

Ingredientes:

250 g de açúcar refinado

125 g de claras de ovos

70 g de glaçúcar

180 g de farinha de amêndoas

Corante comestível em pó

 

Modo de preparo

1 - Levar ao fogo o açúcar refinado e as claras até derreter bem o açúcar. Importante não deixar ferver a mistura.

2 - Bater na batedeira até formar um merengue firme (ponto de bico), adicione o corante de sua preferência.

3 - Peneire a farinha de amêndoas juntamente com o açúcar impalpável e misturar ao merengue aos poucos.

4 - Bater com uma espátula até a massa ficar brilhante (ponto de macaronnage).

5 - Coloque a massa num saco de confeitar com bico perlê e modele os macarons sobre um tapete de silicone. Os macarons deve se espalhar levemente na forma.

6 - Bata com a palma da mão na parte inferior da forma para ajudar a massa assentar. Deixar descansar os macarons sobre o silpat, até que a massa esteja seca ao toque (entre 20 a 30 minutos).

7 - A temperatura do forno deve ser em torno de 130 graus, o tempo de forno é entre 15 a 20 minutos até que os macarons estejam crocantes por fora e úmido por dentro.

8 - Retire do forno e deixe esfriar antes de desenformar, depois de esfriarem aperte levemente o interior do macarons e recheie.

9 - Pode-se colocar uma forma vazia por baixo da forma com os macarons para evitar o calor em excesso (em caso de forno a gás).

 

GANACHE DE CHOCOLATE AMARGO

Ingredientes

250 g de creme de leite tipo UHT

700 g de chocolate amargo

30 g manteiga sem sal

 

Modo de preparo

  • Ferva o creme de leite, derreta o chocolate amargo e incorpore aos poucos, até obter o ponto de ganache.
  • Ao atingir 35°C, adicione a manteiga e misture bem. Leve para resfriar.

 

Gostou das curiosidades, do passo a passo e tudo mais? Então o que acha de aprender na prática a preparar essa iguaria Francesa? 

 

Estão abertas as inscrições para a aula-show de Macarons com o chef Juliano Marasca. Será na próxima sexta-feira (7) às 19h aqui no Atelier Du Chef.

http://www.atelierduchef.com.br/curso/macarons/211

Não perca tempo e venha aprender com quem entende do assunto!